Fundado em novembro de 2011

Visualizações

0

newsletter

0

A extrema-direita está viva-Luiz Carlos de Oliveira e Silva

arlindenor pedro
Por arlindenor pedro 1 leitura mínima

Deu no jornal:

“Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira mostra que 45% dos paulistanos avaliam o governo Lula como ‘ótimo ou bom’, enquanto 25% consideram ‘ruim ou péssimo’. Segundo o levantamento, 29% classificam a administração petista como ‘regular’.”

Nesses números, o que chama a atenção, a meu ver, é o montante de “ruim ou péssimo”. 25% dá a medida do peso da extrema-direita em São Paulo, que se mantém viva e relevante, apesar da intensa e constante “desconstrução” da imagem de Bolsonaro.

Isso parece confirmar o que venho dizendo aqui faz tempo: a extrema-direita, por ser uma contestação global ao “sistema”, veio para ficar…

Desde 1922, era a esquerda quem fazia uma contestação global ao “sistema”. Hoje a esquerda faz parte do “sistema” e, reza o dito popular, quem vai ao vento perde o assento.

Outra coisa: quando a esquerda fazia uma contestação global ao “sistema”, agia em favor de valores progressistas; hoje em dia, o “sistema” é contestado em nome de valores reacionários, disfarçados de “conservadorismo” …

Loading

Compartilhe este artigo
Seguir:
Libertário - professor de história, filosofia e sociologia .
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Ensaios e Textos Libertários